Oração do Coração por Caboclo Pena Branca

Orem com um copo com água que será imantado com fluidos medicamentosos do plano astral. A corrente de cura e desobsessão espiritual, deste amigo que nos assiste como mentor, sugere aos que tem fé, que orem a mesma oração de forma que possam ouvirem a sua própria voz, para que sirva como um mantra poderoso que imantará todo o ambiente das casas ou residências, com muita luz astral; como também, abrirá um portal para abnegados bem feitores de luz na egrêrora de muitos índios, que virão para tratar e resgatar os espíritos sofredores, que podem estar no ambiente do lar ou estabelecimentos aonde pessoas convivem.

Vamos a Oração…

Grande Tupã, que os meus pensamentos sejam semelhantes às nuvens brancas que estão no céu; que só haja inspirações e pureza, jamais impurezas e nebulosos pensares; que minha consciência seja leve como a brisa, jamais pesada como as montanhas pontiagudas do rancor ou dos seus picos gélidos da vingança ou do mal, seja qual for.
Grande Tupã venha!
Adentre este ser humano que vos clama socorro, que se encontra momentaneamente perdido na dor ou nos males que só um filho faltoso sofre.
Sei pai, que seu amor é incondicional, mas sei também, que me perco em preconceitos, egoísmo, indiferença, arrogância, intolerância! Nem sei, pai amado, o porquê ao certo, mas ando com o causador de todo o mal, o inimigo insano, o MEDO.
Grande Tupã perdoe-me!
Sou fraco! Ajuda-me oh senhor que é só amor!
Sei pai amado que sua misericórdia e benevolência são infinitas.
Que fazer Senhor?
Diga-me! Ensine a mim, filho faltoso, o caminho para ter paz e como viver no seu amor.
Seja Senhor como for, vou orar.
Sei que as palavras vindas do coração iluminarão minha mente e irei com seu amor seguir a reta, o caminho do bem de maior valor, que temos e podemos obter AMOR.
Senhor, obrigado por meus pensamentos bem expressados e formados.
Muito obrigado por minhas palavras, visão, olfato, tato, audição e paladar.
Agradeço por este corpo perfeito, que anda, se move e vai para aonde eu quero.
Oh Senhor! Obrigado por meu teto, os alimentos que comi a água que bebi.
Muito obrigado, Senhor! Por todos os familiares, amigos conhecidos e pelo próximo que evolui ao meu lado dentro desta imensa tribo querida e zelosamente bem tratada, pela grande mãe terra, que nos da água, alimentos, e muitas outras coisas para poder-mos viver bem e em paz.
Tupã, muito obrigado, pela vista exuberante que tenho.
À noite fico extasiado e feliz por ver minhas irmãs estrelas no céu e contente em saber, que a mães de outros irmãos, de outras tribos que foram criadas são também amados pelo Senhor, assim como nós.
Oh pai amado! Agradeço pela amada e inspiradora irmã lua, que une corações e harmoniza sentimentos, equilibra emoções, nos faz sonhar e até enamorar, clamando poesias de amor e pensar.
… Só em amar agradeço!
Obrigado pelo dia, que só nos preenche de vitalidade, com seus carinhos invisíveis, mas acalentadores, como um calorzinho nos nossos corações. Por isso, obrigado pelo irmão sol, que nos purifica e revitaliza.
Que posso falar são tantas coisas boas que tem nos oferecido!
…Só posso dizer amo você.
Mas, pai de puro amor, não posso deixar de pedir por todos os irmãos, que por vários motivos que desconheço, não podem totalmente ou de uma forma limitada desfrutar destas coisas maravilhosas e muitas outras que não citei; mas mesmo não sabendo o porquê, de suas momentâneas limitações, são tão amados e igualmente respeitados por mim.
Então grande tupã, que é luz pura e amor incondicional, derrama um bálsamo de energias salutares confortantes e renovadoras, sobre aqueles que têm limitações do pensar ou de formular seus pensamentos seja no que for, e que assim, desde então, restitui o equilíbrio em meus irmãos conforme seu amor próprio, em espíritos eternos que são que eles possam ser curados de todos os desvarios psíquicos mentais que afligem seu ser nesta encarnação.
Oh Senhor! Colocai um fim nas enfermidades que deixam meus irmãos inválidos e vegetativos, curai pai amado a todos que não podem ouvir o som da grande orquestra da mãe natureza, com meus irmãos menores animais que cantam e gritam, com os instrumentos divinos e naturais que grande mãe terra nos oferece.
Grande tupã daí a cura aos meus irmãos que não podem ver as maravilhas da mãe terra: o mar, os rios, as cachoeiras, a relva, flora e fauna, as montanhas e as paisagens lindas e maravilhosas que mãe terra se auto enfeita.
Aos que perderam o tato e olfato e até o paladar, daí senhor a libertação destes males que só afligem seus corações, mas senhor não deixe que meus iguais, fraquejem e percam a esperança ou a fé.
E com muito amor eu vos peço pai amado, que eles não esqueçam jamais do amor e de se amar.
Sei divino que seu poder é grandioso e seu amor infinito, permita pai que possam sentir o gosto dos frutos e alimentos, o aroma da grande e majestosa rosa com seu perfume que mesmo adentrando pelas narinas preenche o coração de amor e nada mais.
Oh Senhor! Curai e ajudai os que não sentem nada, por doenças sejam quais forem, que eles possam não só começar a sentir, como também se emocionar com o toque carinhoso da irmã brisa ou apenas com o toque suave e amoroso do seu próximo, seja ele quem for, assim como, ao sentir o calor dos raios reconfortantes e salutares do sol, penetrando em todo seu corpo e sua pele.
Peço também divino pai, por aqueles que perderam algum membro do seu corpo ou que infelizmente não andam ou não conseguem mais se locomover sozinhos, daí forças a estes irmãos que admiro tanto, preenchendo-os de amor e perseverança.
Cuide e proteja sempre meus iguais não tão bem afortunados nas coisas materiais, não permita que sofram tanto e que possam sempre, oh senhor Tupã, ter outros irmãos que os confortem, ao menos não permitindo que sintam fome e sede, e que por amor e caridade possam ajudá-los ao menos suavizando sua encarnação de aprendiz que são nesta vida, e nesta situação. E que eles tenham sempre, ao menos como teto seguro para todo sempre, a cobertura maravilhosa em luz da palma de sua mão grande Tupã.
Oro Senhor pelos irmãos, que não têm mais ninguém encarnado no corpo físico.
Oro pelos que se encontram em depressão, melancolia, frustrados, sofridos nas coisas que conturbam o coração e a razão, então Senhor de divina bondade permita que seus familiares amigos e seres em geral, que já se encontram em sua outra casa no plano astral, possam tutelá-los como filhos amigos e semelhantes amados; e que os queridos e amados seres espirituais que pertencem a tribo do astral os protejam para sempre.
Senhor que a mãe terra, irmã lua, as estrelas e o grande sol, possam servir de testemunha de sua glória e poder que é infinito no amor e amar a todos os seus filhos em evolução.
Sei bem Pai amado, que somos todos iguais perante sua grandeza e amor infinito e incondicional, independente de religião, opção sexual, ideologia, e tantas outras coisas de nós, humanas criaturas, em eterna e constante evolução nas tuas leis sábias e justas no amor e amar a si e ao próximo como ao Senhor mesmo Tupã de amor incondicional e universal. Portanto, sei bem que é eternamente perdão e oportunidade, que por si já é esperança na mais sublime caridade, amor. Mas tenho algo a te falar: Sei bem que sabe de tudo, está em todos e podes tudo, mas meu coração pede, clama e manda que materialize em palavras que com certeza são com amor puro e ternura nada mais, sem julgo ou preconceitos nem intolerâncias ou indiferenças, muito menos com egoísmo e soberba, incompreensão ou qualquer outro sentimento ou emoção que contraria as tuas leis de amor e amar ao próximo.
Então suplico.
Pelos que provocam fome.
Pelos que matam e cometem crimes contra sua criação.
Pelos que mesmo tendo saúde psíquica mental, sentimental, emocional e física, só enganam, mentem, prejudicam, destroem, não respeitam e se desfazem dos seus semelhantes.
Senhor ilumina a todos e abençoa aqueles irmãos que se escravizam no mal seja qual for.
Dai discernimento e colocando sentimentos de amor e altruísmo nos corações dos que desrespeitam a mãe terra, e insistem em destruir e acabar com sua beleza por vil níquel de valor temporal.
Balsifique e imante respeito, ternura e amor nos corações dos que disputam poder e colocam o seu semelhante em estado de escravidão, perdendo-os em situações de dor e sofrimento.
Permita Pai amado que os irmãos que infelizmente encontram-se renitentes ao amor e a amar, possam ao menos ser imantados por vibrações rarefeitas e sublimes, medicando assim, seus corações momentaneamente embrutecidos no mal, permitindo que pelo menos em alguns momentos, tenham reflexões ao olhar e avistar a irmã lua e a imensidão de estrelas e até o grande sol e sentir sua força e seu calor reconfortante e acalentador, e quem sabe prestar até mais atenção na mãe terra e suas belezas.
Sei grande Tupã de seu poder e do seu amor, não precisava pedir nada, por que já nos dá tudo sem impor condições, mas como somos todos seus filhos temos o senhor dentro de cada um de nós como centelha de luz, umas luminosas outras nem tanto, mas com seu grande amor soberano e incondicional, por pior que esteja o irmão em sua condição moral e ética comportamental, jamais sua centelha estará totalmente apagada, pode estar adormecida, porém encontra-se lá! A centelha de Deus, querida, amiga, terna e fraterna, pronta a transmitir, exalar e expandir o que é por excelência amor e amar, nada mais. Então, com amor e paz te suplico por todos nós que somos unos em ti.
Pelo espírito Pena Branca, Canalizado por Edson Rosa.

Deixe uma resposta