As águas usadas na Umbanda

A água é o elemento primordial de muitos e rituais preparados na Umbanda.
É muito comum ouvirmos nos terreiros que sete águas serão usadas para determinado fundamento.
Listo abaixo os oito tipos mais comuns e suas respectivas imantações energéticas.
Mas, porque oito?
Explico: Dentre elas está o orvalho que, por ser muito delicado e conseguido apenas em porções mínimas é normalmente substituído.

Pedra   Imantação de Xangô. Água retida em saliências entre pedras. Utilizada para atração de força física, disposição, boa-vontade e sabedoria.
Mar 
 Imantação de Iemanjá. Imã de energias negativas, anti-séptico e cicatrizante. Atrai fertilidade, calma e harmonia.
Mina
    Imantação de Oxum e Nanã. Atrai força, vitalidade e boas vibrações por isso é bastante indicada para firmeza das quartinhas de assentamentos.
Chuva  
 Imantação de Nanã e Oxum. Descarrega, limpa e purifica. Muito usada para fundamentar quartilhões de porteiras.
Cachoeira 
Imantação de Oxum e Xangô. Trabalha os sentimentos atraindo alegria, jovialidade e saúde.
Rio
   Imantação de Oxum. Traz determinação e garra. Atrai bons pensamentos e pureza de sentimentos.
Poço
  Imantação de Nanã – Trabalha a resistência e a força mental. Atrai sabedoria e paciência.
Orvalho   Imantação de Oxalá. Deve ser recolhido das folhas, ao amanhecer. Utilizada para atração de calma, paciência e fecundidade.

Fonte:
http://aumbandacomoelae.blogspot.com/

Gostou do artigo? Então não se esqueça de compartilhar com os seus amigos! Obrigado!




Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.