Quem foi o primeiro Preto Velho a se manifestar na Umbanda?

Pai Antônio

Conhecido como o primeiro preto-velho a baixar na Umbanda, através da mediunidade de Zélio de Moraes. Teria sido um escravo em uma de suas encarnações. Foi também o espírito responsável pela inserção na Umbanda dos pontos cantados, enquanto esteve presente incorporando em Zélio Fernandino de Moraes foi o responsável por grande número dos pontos criados. O primeiro ponto de Umbanda, nasceu logo na primeira sessão quando Pai Antonio pediu o seu cachimbo. Contando a história de sua passagem pela terra, ele explicou que por ser um senhor de idade, não ia mais para o corte da lenha, mas quando foi buscar um feixe de lenha para a sua necessidade, se sentiu cansado, encostou no tronco de uma árvore e nunca mais acordou. Quando perguntando se sentia falta de alguma coisa, lembrou que o único bem pessoal que não pertencia ao senhor era o seu pito.

Existe um outro ponto cantado que esta entidade missionária ditou, que diz ser um KIMBANDA, que é uma palavra BANTU, originária da nação Angola, que remete aos sacerdotes – feiticeiros – curadores. Podemos inferir que Pai Antonio foi um africano angolano, que veio para o Brasil e vivenciou a escravidão.

Sua história

Dizem, nossos mais velhos, que PAI ANTONIO foi o INQUISIDOR de Frei Gabriel Malagrida (encarnação anterior do Caboclo das Sete Encruzilhadas) e teria aceitado “baixar” como preto velho ao lado do Caboclo fundador da Umbanda, acompanhando-o em todo o seu mediunato com Zélio, redimindo-se assim frente as Leis Cósmicas.

Independente de qualquer procedência, sem dúvida trata-se de espírito de grande elevação moral que nos deixou um exemplo inigualável de humildade e dedicação a religião de Umbanda, contribuindo decisivamente para a sua estruturação no plano terreno..

Fonte: Página Pérolas de Ramatís


Gostou do artigo? Então não se esqueça de compartilhar com os seus amigos! Obrigado!



Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Mudar tamanho da letra
Contraste de cores
error: Content is protected !!