Pomba Gira: Cigana explica por que é importante cultuar a sua

1
blank

Temida por quem não conhece a fundo sua origem, as Pomba Giras são entidades trabalhadas nas religiões de matriz africana que permitem aflorar o feminino que há em nós com excelência. Por isso, a Cigana Kélida defende que todos deveríamos, senão cultuá-las, conhecer a natureza dessas poderosas conselheiras.

“Quando as cultuamos, estamos resgatando nossas ancestrais femininas, que em sua maioria foram julgadas e mortas por simplesmente serem mulheres. O culto à Pomba Gira é o resgate do mais sagrado feminino que existe, mesmo em tempos modernos. Cultuá-las significa honrar nossa história e a alma feminina que habita em cada um de nós”, acredita Kélida.

Ela diz que a origem dessas figuras é bastante antiga e diversos exageros acabam deturpando a imagem das Pomba Gira para quem desconhece sua verdadeira natureza. Kélida conta que, na realidade, elas são espíritos de mulheres que dançavam sob a luz da Lua, que eram benzedeiras, curandeiras, parteiras e possuíam o dom da vidência.

Padrões machistas

Com a ascensão da Umbanda, esses espíritos se viram capazes de trabalhar em terra a fim de buscar sua evolução e ajudar as pessoas, principalmente aquelas que estavam precisando de dinheiro, amor e liberdade. Crenças machistas da época, porém, fizeram com que essas entidades fossem reprimidas conforme apareciam nos cultos.

As gargalhadas, os batons escuros, a liberdade de expressão corporal e a espontaneidade de falar o que era necessário assustavam quem estava acostumado a colocar a mulher em um lugar de silêncio e até mesmo de castidade. “Elas falavam sobre colocar para fora a essência feminina. Além disso, uma mulher tocada por uma Pomba Gira jamais volta a ser submissa”, revela a cigana.

Ainda hoje há quem interprete essa entidade de maneira errônea e caricata. Porém, as Pomba Gira são grandes conselheiras, que dedicam seu trabalho espiritual para encantamentos e magias voltadas ao feminino. Muitos de seus rituais envolvem amor, sexualidade, casamento, dinheiro e o empoderamento da mulher.

Fortalecer o poder feminino

Para a cigana, toda mulher é um ser espiritual de grande poder. Porém, todo ser humano possui uma Pomba Gira, inclusive os homens. Isso não depende de religião, crença ou orientação sexual. Se aproximar dela traz mais sensibilidade e força interior para lidar com as situações da vida.

“A presença dessa alma ancestral feminina vai chegando aos poucos, aconselhando através da intuição e dos sonhos. Ela faz mulheres e homens terem mais autoconfiança e autoestima, resgatando a capacidade do autoamor. Aos poucos ela pode mudar a vida de qualquer um para melhor”, conta Kélida.

Engana-se quem acha que, para se conectar com uma Pomba Gira, é preciso incorporá-la. Até porque, a incorporação não é indicada fora de templos espirituais ou em pessoas que não sejam médiuns de incoporação. “A entidade sabe que não deve se manifestar fora de um lugar sagrado ou em quem não a conhece, por isso não é preciso ter medo de incorporá-la.”

Como se conectar

A primeira coisa necessária para se conectar com Pomba Gira é ter um objetivo claro e benéfico, pois, segundo Kélida, Pomba Gira que é Pomba Gira não vai praticar o mal a ninguém em troca de uma vela ou de um presente. É possível pedir ajuda com relação a amor, dinheiro, negócios, família e até saúde.

“Para uma vida amorosa negativa, por exemplo, pode-se pedir a cura de algum laço dos antepassados ou traumas do subconsciente para encontrar um parceiro ou parceira legal. Para a vida financeira, pode-se pedir a quebra de correntes ou amarras do passado para a abertura de caminhos. Na vida pessoal, ela vai ajudar no empoderamento e no crescimento”, aconselha Kélida.

Marias e Clarices

Existem mais de 300 egrégoras e diversas Pomba Gira de cada um desses grupos trabalhando através da espiritualidade. Como por exemplo, Maria Mulambo, que vem eliminar os lixos astrais emocionais, vícios e obstáculos; Maria Quitéria, que ajuda mulheres em suas lutas, e Rosa Negra, que protege contra abusos físicos e emocionais.

Por fim, a cigana alerta que Pomba Gira não compactua com traições, mentiras, invejas, atitudes negativas, vícios, cobranças ou destruição de relacionamento e outras áreas da nossa vida. “Quando isso acontece não é atuação de Pomba Gira. Lembre-se: Você atrai aquilo que emite.”

Fonte: Universa


Assine nossa Newsletter


Receba toda semana as últimas notícias do Umbanda 24 Horas em seu e-mail