Oração do Ogã

Sou Ogã e vejo as minhas mãos sangrarem e não sinto coragem de parar.
Busco forças sem saber aonde e tenho certeza que ela vai chegar.
Me espelho na humildade de um Preto Velho,
Na ginga de um Baiano,
Na pureza de uma Criança,
E a sabedoria de um Cigano.
Tenho respeito aos Ogãs Ancestrais e a proteção de um Boiadeiro, Marumbaxetu, Xetua Boiadeiro
No couro eu ouço o sussurrar de um lamento.
Me faz sentir o que é a dor.
Me traz a espada que talha o vento e com uma onda me traz uma flor.
É um Dom abençoado que Deus me iluminou e derramou em minhas mãos,
que humildemente agradeço de Coração com Batidas e Toques em couro esticado a minhas querida das lindas entidades da Umbanda com muito Amor e Vibração.
Eu agradeço ao Senhor por ser Ogã…
Assim Seja!

#DofonaTyYemonja


Gostou do artigo? Então não se esqueça de compartilhar com os seus amigos! Obrigado!




Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.