Oração do Ogã

Sou Ogã e vejo as minhas mãos sangrarem e não sinto coragem de parar.
Busco forças sem saber aonde e tenho certeza que ela vai chegar.
Me espelho na humildade de um Preto Velho,
Na ginga de um Baiano,
Na pureza de uma Criança,
E a sabedoria de um Cigano.
Tenho respeito aos Ogãs Ancestrais e a proteção de um Boiadeiro, Marumbaxetu, Xetua Boiadeiro
No couro eu ouço o sussurrar de um lamento.
Me faz sentir o que é a dor.
Me traz a espada que talha o vento e com uma onda me traz uma flor.
É um Dom abençoado que Deus me iluminou e derramou em minhas mãos,
que humildemente agradeço de Coração com Batidas e Toques em couro esticado a minhas querida das lindas entidades da Umbanda com muito Amor e Vibração.
Eu agradeço ao Senhor por ser Ogã…
Assim Seja!

#DofonaTyYemonja

Deixe uma resposta