O duplo egoísmo, viver não se resume a reencarnação e karma

“Não é o suficiente para nós simplesmente introduzir idéias como as de reencarnação e karma – a questão é: a forma como nós as introduzimos. Se eles se tornarem meramente um incentivo ao egoísmo, então elas não elevam a nossa vida civilizada, eles servem apenas para deprecia-la mais. Há outra maneira na qual a reencarnação e karma tornam-se ideias antiéticas. Muitas pessoas dizem: “Eu devo ser bom, para que eu possa ter uma encarnação afortunada da próxima vez.” Para agir com tal motivo, ser virtuoso, a fim de que se possa ter uma vivência mais agradável na próxima encarnação – não é um egoísmo simples, mas um duplo egoísmo. No entanto, este duplo egoísmo é o que tira muitas pessoas da verdadeira ideia de reencarnação e karma. Nossa civilização possui tão pouco impulso altruísta ou de religiosidade, que é incapaz de conceber até mesmo idéias como as de reencarnação e karma no sentido de que seria um estímulo para o altruísmo, não para as ações e sentimentos egoístas.”

Rudolf Steiner

Fonte: http://www.antroposofy.com.br/forum/rudolf-steiner-o-duplo-egoismo/


Gostou do artigo? Então não se esqueça de compartilhar com os seus amigos! Obrigado!






Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.