Nossa postura diante dos desafios

Considerando que os desafios fazem parte da vida e nos servem de aliados para o nosso desenvolvimento moral, intelectual e espiritual podemos constatar se estamos amadurecendo, entendendo as lições e avançando observando como reagimos ao que nos acontece.

Quando um desafio acontece tendemos a nos desestabilizarmos, passamos a reclamar, a não aceitarmos o que aconteceu e reagimos da pior forma possível, este tipo de reação só fará com que as coisas se tornem mais pesadas e difíceis de solução.

Quando ficamos num estado alterado de consciência alimentando pensamentos negativos alteramos nosso padrão vibratório e bloqueamos os canais de criatividade, de sensibilidade espiritual, de atração e da receptividade das boas energias sempre que pedimos inspiração para solução do desafio, é como se os fios blindassem a mente impedindo quaisquer acessos sejam internos(vossos próprios recursos) ou externos(vossos amigos espirituais).

É natural que ao receber o impacto do desafio sujam emoções e sentimentos que nos provoquem medo, insegurança, raiva, culpa entre outros os quais devem ser acolhidos com amor e ouvidos pois todos nos servem igualmente de alertas, de aliados nos convidando ao conhecimento de nóis mesmos e a descoberta de grandes tesouros que abrigamos na alma.

Não existem emoções e sentimentos negativos e sim em desarmonia, a falta de equilíbrio, os excessos e a manutenção destes por tempo além do necessário a transmissão de seus recados é o que causam os estados emocionais, estes “estados” são os que causam resultados “negativos” pruquê paralisam e retardam nossa marcha evolutiva, daí a importância da Educação Emocional, ou seja, trazer as emoções, os sentimentos ao seu ponto de equilíbrio.
Diante de quaisquer desafios devemos proceder com Atitudes de Amor para conosco assim como procederíamos para com os outros.

Que possamos nos acolher com amor, carinho buscando nos dar apoio incondicional, acalmando nossos pensamentos e buscando a prece como recurso que nos abre a oportunidade de comunicação com Deus, Jesus e nossos amigos espirituais daí a importância da Fé.

A Atitude de Amor para consigo provocará alteração no padrão vibratório elevando-o e expandindo-o, libertando a mente e abrindo os canais da criatividade, inspirações e recepções de forças espirituais, daí a importância do “Amar a si Mesmo” tal qual nos ensinou Nossu Sinhô Jesus Cristo.
Por fim basta agora ter a atitude em prol do desafio e com certeza encontrarão a solução.

Com este olhar amoroso sobre os desafios passamos a compreender que não existem injustiças e ou punições de Nossu Pai para com seus fios, tudo é para nossu bem e progresso.

Quanto mais rápido vosmecê tiver uma Atitude de Amor em prol de si mesmo, mais rápido o desafio será solucionado.
Que essa reflexão possa servir de estímulo aos fios a ajudarem a si mesmos.

Que Nossu Mestre Jesus os abençõe e proteja.
Recebam meu afetuoso abraço e boas vibrações para que prossigam a caminhada com fé, esperança, alegria e muitas atitudes.

Pai João.


Nos ajude a melhorar o Umbanda 24 Horas respondendo o questionário https://pt.surveymonkey.com/r/VTCTVCQ



Gostou do artigo? Então não se esqueça de compartilhar com os seus amigos! Obrigado!



Deixe uma resposta