Jorge da Capadócia – Semper fidelis (Parte I)

Jorge da Capadócia, imbatível soldado de Cristo, nasceu provavelmente no ano de 275 na Capadócia, hoje região da Turquia. Era de família nobre e cristã. Ainda infante, perdera o pai, oficial do exército imperial, morto em batalha. Assim, mudou-se com sua mãe para a Palestina, pois ela era originária desta Terra Santa.
Sua genitora o educou com profundo zelo, tanto no aspecto material quanto espiritual, orientando-o a sempre lutar contra as forças das trevas.
Adolescente, Jorge da Capadócia ingressou na carreira militar – exército do imperador romano Caio Aurélio Valério Diocleciano – pela extrema dedicação este jovem cavaleiro, invencível na fé em Deus, logo foi alçado a Conde e, aos 23 anos, já desempenhava o posto de Tribuno Militar.
A carreira militar do nosso Santo Guerreiro progredia, vindo até a integrar a própria guarda pessoal do Imperador.
Monumento a Jorge da Capadócia às margens do rio spree - Berlim
Monumento a Jorge da Capadócia às margens do rio spree – Berlim
Tudo lhe transcorria favoravelmente, até que o Imperador Diocleciano, entre os anos de 303 a 311, iniciou uma sangrenta e cruel perseguição aos cristãos.
O governador Daciano, fiel partidário do Imperador, em apenas um mês martirizou 17 mil cristãos. Para sobreviver muitos renegaram a fé cristã, adorando deuses pagãos do Império Romano.
Jorge da Capadócia se revoltou contra a insensatez e a brutalidade imposta aos seguidores de Jesus Cristo. Distribuiu todos os bens que possuía, renunciou as vestes militares e passou a viver entre os cristãos.
Jorge afirmava para todos que foi o Senhor quem fez os céus! Somente a Ele adorarei e temerei! Os ídolos romanos são falsos!
De acordo com a Legenda Áurea – coletânea de narrativas hagiográficas, escrita no século XIII, pelo dominicano Jacopo de Varazze – a extrema audácia do nosso intrépido cavaleiro enfureceu o governador.
Daciano, cego para a Luz Maior, indagou a Jorge:
– Que queres com tal comportamento? De onde você é?
Assim respondeu o fiel e firme guerreiro:
– Eu me chamo Jorge, sou um nobre da Capadócia. Com a ajuda de Cristo submeti a Palestina, mas depois abandonei tudo para servir livremente ao Deus do céu.
Continua… 

 

 

Fonte: Bússola Mística


Gostou do artigo? Então não se esqueça de compartilhar com os seus amigos! Obrigado!






Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.