Firmar o Anjo da Guarda

Comumente escutamos em atendimentos com guias que devemos manter a vela de nosso anjo de guarda acesa.
Esta atitude gerou diversas Dúvidas e colocações nem sempre verdadeiras a respeito do fato de se firmar anjo de guarda. E aí surgem as perguntas: Damos luz para nossos anjos de guarda?
Deus colocaria um espírito sem luz para tomar conta de nossas vidas?
Notamos aí sem duvidas um grande erro.
Quando firmamos uma vela para nosso anjo, não estamos dando-lhe luz, mas sim criando um campo de proteção a nossa volta ígneo, ou seja, a partir da chama da vela nosso anjo irradia uma energia ígnea para consumir campos negativos, afastar espíritos desequilibrados e iluminar nosso mental para podermos receber suas orientações através da intuição.
Da mesma forma que não encontramos lógica em se firmar esta vela acima ou abaixo de nossa cabeça, pois de um momento que ela tenha sido devidamente consagrada aonde a mesma ficará firmada seja em cima de nossa cabeça ou abaixo da mesma não fará a menor diferença.
Quando ofertamos a nosso anjo a água, também não estamos matando sede de ninguém, mas tão somente utilizando-se de um elemento aquático para purificação de nosso espírito. Esperamos que com esta pequena contribuição possamos mostrar um dos fundamentos dos rituais de Umbanda.


Gostou do artigo? Então não se esqueça de compartilhar com os seus amigos! Obrigado!






Uma resposta para “Firmar o Anjo da Guarda”

  1. gostei da instrução de como firmar o anjo de guarda. Gostaria de saber onde pode se colocar a vela no meu quarto, qual o melhor lugar para isto

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.