Deixe o passado no passado

Para receber novos presentes na vida que te envolvam em energias de paz, amor e alegria é preciso deixar ir, é preciso se libertar das dores que te prendem a fatos ou pessoas do passado e que não estão mais em sua vida presente, mas seu coração ainda está conectado.

Jesuis bate à sua porta hoje, agora, para entregar-lhe um novo presente que traz uma nova oportunidade de aprendizado, novas emoções, novos amigos, novos amores, novas energias, mas não te encontra pruquê vosmecê não está no aqui, no agora, no presente, vosmecê está no passado.

Não espere que o peso da dor referente às lembranças que te prendem ao passado o faça sucumbir no desespero e na angústia que desalinham suas emoções causando doenças e mais desequilíbrios.

Agradeça a Deus pelo que já passou, extraia a lição e retenha em seus pensamentos os sentimentos positivos.
Foque sua atenção sempre no presente em cada segundo e viva intensamente.
Vamos observar os presentes que a vida nos proporciona diariamente?

Corra lá, abra a porta, Jesus acaba de chegar e vem entregar-lhe um dia cheio de bênçãos.
Não se esqueça deste aprendizado:

A dor é inevitável mas manter-se nela é uma opção, basta apenas uma atitude.

Vamos ser feliz muzanfio(a)?

Jesus te ama e todos nóis nascemos para o amor e a felicidade.
Que lorvado seja nossu sinhô Jesuis Cristo que Ele nos acolha em seu infinito amor.

Pai João

Sobre a Sagrada Luz da Umbanda, por Caboclo Águia Branca

É oásis de benção edificante soa aos quatro ventos em tempos de transformação na humanidade os sons das trombetas da boa nova que reedifica o espírito do amor em amplitude e transformará o homem que vive em suas íntimas trevas em fonte do amar que purifica.

Eis que vem do alvorecer por detrás dos montes e montanhas a luz da esperança, aos que choram e sofrem. As suas mazelas serão acalentadas, seus valores se refinarão com o soar do acalento a seus prantos pela revelação provinda do altruísta consolador pelas vozes dos seus fiéis seguidores de Aruanda.

As candeias se acenderão nos corações que iluminados pela alegria de viver, hão de se fazer em faróis que indica a sublime aliança entre o divino e o sagrado ao homem que relembra quem ele é em pura essência.

Lágrimas de dor se farão evitadas e sorrisos se farão bordados comumente entre os seres viventes deste planeta azul; os anjos em todas as nações numa só voz que ecoará sobre este planeta, anunciarão que o amor não tem o que vencer, ele é a vitória da vida pelo emanar eterno que se vai à procura do infinito.

Em cada esquina, se ouvirá: Vejam eu lhe conheço em mim, venha me abrace, eu te perdoo e peço perdoa-me.

Neste tempo um senso recíproco se manterá em igualdade, fraternidade e justiça. A caridade se fará pouco lembrada em verbetes ou em comentários, porém a mesma em consenso coletivo será nutrida pura e legítima em benevolência mútua entre os seres humanos do planeta terra; e assim se fará unitariamente em cada um a limpidez do benemérito no reconhecido em um filho da vida que navega pela eternidade.

A umbanda é parte de tudo isso filhos amados, não obstante seja a melhor forma, apenas é um caminho a seguir no juntar todas as bandas e povos da humanidade em um só preceito, o de reverenciar a vida e cultuar com louvor contemplativo a existência uns dos outros.

Sarava aos filhos de fé.

Caboclo Águia Branca.

Psicografia: Edson Rosa Rosa – 17/08/ 2014 / 09:49

O Obsessor que descobriu a falsidade do Médium

 

Num centro espírita famoso e muito frequentado, senhor Raimundo estava iniciando os trabalhos de desobsessão. Seu Raimundo, como bom doutrinador espírita há mais de 30 anos, fez uma prece de abertura e pediu a Jesus que ajudasse a libertar todos os irmãos que viessem a sala de desobsessão do sofrimento que atravessavam.

Raimundo viu o médium incorporar um espírito que dizia estar no umbral, sofrendo muito por conta da raiva e mágoa que sentia de um desafeto. Senhor Raimundo iniciou então os procedimentos da desobsessão clássica e disse que o espírito deveria perdoar o desafeto, pois a lei do amor é a nossa salvação. Continue lendo “O Obsessor que descobriu a falsidade do Médium”

Características dos Filhos de Xangô

É muito fácil reconhecer um filho de Xangô apenas por sua estrutura física, pois seu corpo é sempre muito forte, com uma quantidade razoável de gordura, apontando a sua tendência à obesidade; mas a sua boa constituição óssea suporta o seu físico avantajado.

Com forte dose de energia e autoestima, os filhos de Xangô têm consciência de que são importantes e respeitáveis, portanto quando emitem sua opinião é para encerrar definitivamente o assunto. Sua postura é sempre nobre, com a dignidade de um rei. Sempre andam acompanhados de grandes comitivas; embora nunca esteja só, a solidão é um de seus estigmas.

Conscientemente são incapazes de serem injustos com alguém, mas certo egoísmo faz parte de seu arquétipo. São extremamente austeros (para não dizer sovinas), portanto não é por acaso que Xangô dança alujá com a mão fechada. Gostam do poder e do saber, que são os grandes objetos de sua vaidade.

São amantes vigorosos, uma pessoa só não satisfaz um filho de Xangô. Pobre das mulheres cujos maridos são de Xangô. Um filho de Xangô está sempre cercado de muitas mulheres, sejam suas amantes, sejam suas auxiliares, no caso de governantes, empresários e até babalorixás, mas a tendência é que aqueles que decidem ao seu lado sejam sempre homens.

Os filhos de Xangô são obstinados, agem com estratégia e conseguem o que querem. Tudo que fazem marca de alguma forma sua presença; fazem questão de viver ao lado de muita gente e têm pavor de ser esquecido, pois, sempre presentes na memória de todos, sabem que continuarão vivos após a sua ‘retirada estratégica’.

O Filho de Xangô é, por excelência, calmo e muito ponderado. Costuma pesar os fatos com muito cuidado, procurando sempre pôr panos quentes em qualquer disputa. Só toma decisões depois de pesar e analisar todos os ângulos dos problemas apresentados, procurando ser o mais justo possível. Dedica-se de corpo e alma a tudo o que se propõe a fazer, mas desilude-se com muita facilidade também. É sonhador por excelência, acha sempre que tudo dará certo, deixando-se levar, com muita frequências, pela ilusão e pelo sonho. Sempre procura apresentar seus propósitos e planos de maneira mais bonita, mais enfeitada, o mais claro possível, sem observar o que há de viável neles. Nunca procura ver se há realismo no que se propõe a fazer. Os Filhos de Xangô são capazes, geralmente, de grandes sacrifícios, mas aborrecem-se profundamente se algo que programaram não dá certo.

Não admitem mudanças de programação, não só quando dependem deles a realização do plano programado. Costumam ficar roendo muito o que lhes acontece, ou o que não se realizou com queriam. Separam, com muita freqüência, a realidade de si, levando seus pensamentos para altas esferas. Por serem muito honestos, magoam-se com muita facilidade pela ingratidão das pessoas, achando que todo o mundo tem obrigação de ser honesto e preciso em suas decisões.

A Filha de Xangô, geralmente, é muito crédula, acredita em tudo o que lhe dizem. Magoa-se profundamente por coisas que não tenha feito ou que tenham dito que ela fez. Guarda mágoas profundas, mas não consegue guardar raiva. Em relação ao lar, não gostam de sair de casa, preferem o aconchego do lar e são excelentes mães de família, mantendo o lar em perfeita harmonia, não permitindo desavenças entre os familiares, dando possibilidades a todos de se defenderem, sempre que for necessário.

Pérolas da Macumba

Seja a luz

Se o momento é de tristeza, não esmoreça, busque a solução, adapte-se.
Se o momento é sombrio, acenda a luz em seu coração ilumine-se e ilumine.
Se o momento é de intrigas, silencie, emita bons pensamentos.
Se o momento é de tormenta, busque a paz, vibre amor.
Se o momento é de contenda, auxilie sempre o bem, edifique.
Se o momento é de ignorância,clareie as consciências, eduque com amor e humildade, exemplifique.

Diante de quaisquer desafios conflitantes não desanimes, não te perturbes e mantenha a esperança.
Faça sempre o que estiver ao seu alcance, dê o seu melhor mas não mais que possas dar, respeite seus limites, mantenha seu equilíbrio.

Responda ao mal com o BEM,
Responda ás trevas com a LUZ
Responda ao ódio com o AMOR

Cuide de vossos pensamentos, sentimentos e atitudes,
Sua mió(melhor) proteção e colaboração para este momento é a vossa VIBRAÇÃO positiva.
Se não podes encarar o combate sem se deixar perturbar os sentimentos, aceite seus limites, afaste-se e vibre pelos irmãos.que se encontram na tarefa.
Depois da tempestade sempre vem a bonança.
O momento nos pede interiorização, preces e vibrações.
Acenda vossa LUZ interior mantenha a confiança e a esperança.
Dias mióres (melhores) estão por vir.
Jesus é conosco.

Muita paz e fé nos obreiros de Nossu Sinhô Jesus Cristo.
Pai João de Angola